Publicado em

5 passos para comprar um imóvel sem comprometer a renda

A situação financeira do brasileiro está boa. Permanecemos sólidos às crises econômicas e hoje, grande parte da população está consumindo cada vez mais. Mas, será que estamos sabendo administrar tudo isso?


O dinheiro deve ser bem empregado, para que possibilite a realização de seus projetos e sonhos, como a compra do primeiro imóvel, mas sem comprometer o orçamento.
Os colombianos têm um ditado popular onde dizem que “ter casa não é riqueza, mas não tê-la é pobreza”. Assim sendo, é possível comprar um lar, basta se planejar.

  • Organização financeira

    1-Contar e planejar

    O primeiro passo é entender qual é a sua atual situação financeira. Comece listando detalhadamente todos os seus gastos fixos, como contas de água, luz e telefone. E os variáveis, que incluem cartões de crédito e momentos de lazer.

    Este simples exercício te ajudará a perceber como você tem gastado seu dinheiro, e a identificar onde economizar, estabelecendo limites entre aquilo que precisa, e o que não.

    2- Momento ideal

    Os valores do mercado imobiliário são cíclicos, variam de acordo com a época do ano e a economia. Por isso, vale a pena estudá-lo, e ver qual o melhor momento para comprar apartamentos e casas.

    3- O lar feito para você

    Mesmo se for o melhor momento para investir, a sua busca não para por aqui.

    Não se trata apenas de uma oportunidade de compra. O imóvel escolhido precisa atender a todas as suas expectativas e se possível, ter potencial para valorização a longo prazo. Para isso, avaliar alguns aspectos é essencial:

    Bairro

    O bairro, na maioria das vezes define a média de valor da propriedade. O ideal, é que seja completo, próximo a locais com escolas, shoppings, hospitais e centros comerciais.

    Tipo

    Quanto mais novo for o imóvel, menos gastos com manutenção você terá. Outro fator muito importante é se vai optar por casa ou apartamento, e definir quantos metros quadrados se ajustam as suas necessidades.

    4- Empréstimo

    A maioria das pessoas não têm dinheiro para realizar uma compra à vista, e se esse for o seu caso, o financiamento é a opção mais viável.

    O preço da propriedade escolhida deve ser compatível com os valores do mercado, para menores complicações durante a negociação do empréstimo. E o valor da prestação não deve ultrapassar 30% da sua renda mensal.

    5- Pós compra

    Seguindo essas dicas, quando chegar a hora de dar o grande passo, você estará preparado para comprar um imóvel sem comprometer toda a sua renda. Lembre-se “não importa o quanto você ganha, mas o quanto você economiza”.

    Mantenha sempre sua lista em ordem para não se perder quando as contas chegarem. A palavra é Planejamento.

     

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *